Biomassa, solução, energia e economia!

Qua, 17 de junho de 2020 às 09:30

      Aqui dentro da Kronus Aquecimento costumamos dizer que a biomassa é a solução, mas afinal o que é biomassa, e porque ela é a solução?


      A Biomassa é uma matéria orgânica utilizada na produção de energia. As biomassas mais utilizadas são: a lenha, o bagaço da cana-de-açúcar, pellets, briquetes, casca de arroz e outras. A biomassa é o elemento principal de diversos novos tipos de combustíveis e fontes de energia como o bio-óleo, o biogás, o BTL e o biodiesel.

      O uso da biomassa como fonte de energia, pode oferecer até 90% de economia, é ecologicamente correto, além de ser uma fonte de energia limpa e sustentável, preservando assim o meio ambiente.

Conheça mais sobre os tipos de biomassa como fonte de energia:


LENHA REFLORESTADA



      Com a perspectiva de alta constante dos preços dos combustíveis derivados de petróleo e da energia elétrica, o principal combustível do passado tem se tornado também o combustível do futuro. O uso da lenha reflorestada pode representar em alguns casos uma economia da ordem de até 90%.
      Através das técnicas mais aprimoradas de combustão é possível reduzir drasticamente o nível de poluentes particulados e de gases emitidos.  Ao contrário do que muitos podem pensar, queimar lenha reflorestada não contribui para o efeito estufa, já que a queima de lenha coloca na atmosfera a mesma quantidade de Carbono retirada pela planta ao crescer, mantendo assim intacto o balanço de CO2. Ou seja, a queima de lenha é muito menos prejudicial ao meio ambiente que a queima de combustíveis fósseis, como o gás e os derivados de petróleo.
Nossos equipamentos são compactos e extremamente eficientes para a queima de lenha reflorestada.


PELLETS


      

      Os pellets para aquecimento são um tipo de lenha, geralmente produzidos a partir de serragem de Madeira refinada e seca que depois é comprimida. Já existem no mercado brasileiro pellets de Bagaço de Cana, Capim-Elefante, carvão e mix de outras biomassas.  Para obter um bom pellet para aquecimento, é necessário possuir matéria-prima fresca, de primeira transformação.      
      A grande vantagem de um combustível granulado é a alimentação automática; não é necessária a presença de um funcionário alimentando a fornalha do equipamento.  Os pellets para aquecimento são granulados cilíndricos com 6 a 8 milímetros (mm) de diâmetro, e com 10 a 40 mm de comprimento. A alta densidade dos pellets para aquecimento também permitem um armazenamento compacto e um transporte mais econômico a longas distâncias.
      Os pellets para aquecimento são extremamente densos e contam com um baixo índice de umidade, o que lhes permite serem consumidos (isto é, queimados) com uma elevada eficiência calorífica.

 

CAVACO DE MADEIRA


      

      Os cavacos de madeira são pequenos pedaços de madeira obtidos através da picagem de toras, sobras das serrarias, indústrias moveleiras e da madeira descartada, ou seja, que pode ser reciclada. O cavaco de madeira pode ter tamanhos variáveis entre 5 a 50mm. Permite maior economia aliada à automação.

BRIQUETES


     

      O briquete é um bloco denso e compacto de materiais energéticos obtido a partir da compactação mecânica de resíduos diversos como serragem, bagaço de cana ou casca de arroz.
      Oferece diversas vantagens como: alto valor agregado, poder calorífico, maior temperatura da chama, regularidade térmica, fácil manuseio, transporte e armazenagem e ainda oferece um menor índice de poluição.


BAGAÇO DE CANA



      O bagaço da cana-de-açúcar é resultante após os procedimentos de limpeza, preparo e extração do caldo de cana.
A utilização atual do bagaço é o seu aproveitamento como combustível das caldeiras, gerando vapor para aquecimento e para geração de energia elétrica.


QUAIS AS VANTAGENS DA BIOMASSA COMO FONTE DE ENERGIA?
      O uso da biomassa favorece a diminuição do efeito estufa e do aquecimento global, ela é uma opção energética renovável que não produz grandes quantidades de poluentes, oferece baixo custo de aquisição por ser renovável e permitir o reaproveitamento de resíduos. Pode ainda substituir o consumo de combustíveis fósseis, como o petróleo e seus derivados, que não são renováveis.